Transmission

Por Wagner Regis

Diversas vezes comentamos sobre projetos estudantis aqui na Cliche, dessa vez irei falar sobre mais um produzido na School of Visual Arts. Onde na sua premissa um quadri-clope e seu cachorro – de nome 2D (demais!) – encontram um rádio, que parece transmitir ainda alguma notícia no ambiente totalmente inóspito que eles vivem.

O primeiro detalhe que adorei, logo de cara, foi a maneira dos cenários contarem a história, de se pensar a quanto tempo o personagem já estava ali, o que era o lugar que ele dormia (e após ser revelado), a floresta, o deserto, a cratera, a estação de rádio, o interior da estação… E a maneira que o suspense lhe conduz, conforme ele vai buscando o sinal da transmissão. Todas essas questões subliminares com elementos semióticos nos prendem a trama, da mesma maneira que a estática do rádio é quebrada e você fica pensando em quem está transmitindo, onde estaria.

transmission_01

A maneira como se são sintetizados a escolha dos personagens mostra que não se precisa de um elenco homérico para se contar uma boa história. A própria simplicidade deles os torna cativante, com um carisma que mesmo sendo um monstro, a maneira dele ser gentil com seu companheirinho canino o torna amigável para quem estiver assistindo. Além do fato principal: a importância do próprio rádio na jornada toda. Quantos objetos, veículos, ambientes, se tornam personagens em muitas histórias que acompanhamos, sejam filmes, seriados, desenhos animados… Basta nos lembrarmos da Máquina Mistério, o RV, a TARDIS, a Ilha, entre tantos outros.

transmission_02

transmission_03

“Transmission” foi um curta que achei bem bacana por essa temática apresentada, e com certeza não tem como não se lembrar de “Adventure Time” – seja pelo estilo visual, ou pela própria narrativa de fundo, e consequências do pós-apocalipse. Dirigido, roterizado e animado por Jared D. Weiss, a animação foi exibida em quase 20 festivais, e recebeu 5 prêmios, dentre os quais Vimeo Staff Pick e o 40th Annual Student Academy Awards.

Wagner Regis

Wagner Regis

Designer Gráfico por formação e Pós-Graduado em Jogos Digitais (UP). É co-fundador do estúdio de animação "Make Toons", professor na Universidade Positivo, e feliz por gostar do que faz.

Conteúdo relacionado

Comentários