DEADLINE

Por Wagner Regis

Acho que não será a primeira vez, nem a última, que comentarei que quando vamos fazer uma animação, antes de mais nada é necessario um bom roteiro e planejamento, para, então, seguirmos para o desenvolvimento. Tentar pensar numa cena somente quando chegar seu momento, ou num enquandramento, durante a execução do projeto, pode demandar um tempo que você poderia estar aproveitando de uma melhor forma.

Nesse vídeo em stop motion, percebemos um resultado onde foi possível fazer algo bem legal com materiais simples. O trabalho de faculdade de Bang-Yao Liu, na Savannah College of Art and Design, o qual liderou uma equipe, se prepararam ao longo de 3 meses, para após tudo elaborado digitalmente, reproduzirem as cenas de modo analógico, com os papéis coloridos numa parede, e uma pessoa interagindo.

A gravação foi realizada ao longo de quatro dias e sendo usados mais de 6 mil Post-it, apresentando um jovem com o prazo final estourando, mas acaba procastianndo o tempo com Brick, submarino e muito mais, tudo isso com a música “Eple”, do Röyksopp, de fundo. Vale a pena conferir o Making of, também, porque sempre são uma aula, para aprendermos mais sobre as animações em geral.

Nessas horas, sempre me lembro das Oficinas de Stop-Motion, onde os alunos que dizem não saber desenhar, procuram alternativas para suprir essa carência – digamos assim – seja pra representar uma chuva num quadro negro, usar um cenário no notebook, ou mesmo um barbante para representar uma risco de lápis. Desenvolver uma animação, como um projeto de Design, é muito mais que o resultado propriamente, é também, encontrar um meio de chegar a ele, de uma maneira, ou mais barata, ou mais eficiente, ou mesmo mais inusitada. Opção é o que não falta, basta apenas saber como organiza-las para ter uma produção bacana e única.

Wagner Regis

Wagner Regis

Designer Gráfico por formação e Pós-Graduado em Jogos Digitais (UP). É co-fundador do estúdio de animação "Make Toons", professor na Universidade Positivo, e feliz por gostar do que faz.

Conteúdo relacionado

Comentários