High Tide

Por Wagner Regis

Desenhos animados, contos mitológicos, filmes, entre outros, sempre nos apresentam o encontro entre humanos e sereias. Sendo ou encantadoras ou traiçoeiras. No entanto, como seria se, ao invés de encontrarmos essa figura feminina, fosse uma versão masculina? A aluna Kristin Kemper, da School of Visual Arts (SVA) de Nova Ioque, pensou muito sobre isso e através de seu filme-tese, apresentou uma linda e graciosa animação.

“High Tide” apresenta um resultado simples e belo. Algo que num primeiro momento pode parecer apenas experimental encontra-se em completa harmonia tratando-se da questão de visual e narrativa. Poderia ter sido feito em 3D ou uma stop-motion, no entanto Kristen optou por trabalhar com linhas estruturais, sem ter feito o clean-up, e usado uma paleta de cores frias, o que deram um tom de lembrança para a narrativa, conduzida com a canção “Day That Never Came” de Clark Powell.

Enquanto pensamos em tornar nossos primeiros projetos em algo épico, convém pensar muito mais em planejar algo que seja possível de ser concluído. Algo muito elaborado, além de demandar tempo, é fácil de se perder no meio do caminho e arcar com uma frustração. Lógico que faz parte do aprendizado, mas isso acaba sendo mais subjetivo de cada um sobre após a experiência tentar de novo ou desistir de vez.

Algo que sempre comento nas oficinas e palestras, onde os alunos sempre ficam esperando estarem “prontos” para apresentar algo, é que nunca estaremos prontos. A cada dia temos um aprendizado e algo que melhorará aquilo que fizemos ontem. Logo, tudo depende muito mais da sintonia do seu roteiro e a linguagem visual usada. Às vezes compensa apresentar algo encaminhado, ou com o que sabemos, para – pelo menos – se ter algum feedback.

Em tempo, em um mês o vídeo já teve mais de 62 mil visualizações.

Wagner Regis

Wagner Regis

Designer Gráfico por formação e Pós-Graduado em Jogos Digitais (UP). É co-fundador do estúdio de animação "Make Toons", professor na Universidade Positivo, e feliz por gostar do que faz.

Conteúdo relacionado

Comentários