義足のMoses

Por Wagner Regis

Produzido para exibição durante o festival FRENZ, deste ano, o curta “義足のMoses” (“Moses Of Prosthesis”), animado pelo japonês ががめ (Gagame/Aquarius) é inspirado em uma das cenas do clássico “Dançando na Chuva”* (1952), o qual é interpretado pelo fabuloso Genne Kelly. Assim, temos uma animação modesta e ainda assim de uma beleza fenomenal, onde somos apresentados a uma jovem fantasminha que estava sozinha e começa a dançar com um par de sapatos que acaba criando vida. A própria dança segue muito dos passos do filme homenageado, além das citações óbvias, como o cartaz ao fundo no cenário.

Convém observar, que tão importante quanto à animação, é sua própria trilha, principalmente nesse caso. Podemos dizer que 50% de um desenho animado são o seu áudio, ele que dará vida para aquela ideia que você representou em traços, cores, formas e tudo o mais. A relevância disso vem desde os tempos de cinema, quando o próprio Charles Chaplin compunha as trilhas sonoras de seus filmes mudos, justamente para terem o significado desejado referente à película a ser exibida. Isso em uma época que era necessária a presença de uma orquestra inteira na sala de projeção.

Mesmo com o lançamento do “Cantor de Jazz” (1927), o cinema hollywoodiano só se daria conta da importância da trilha sonora com o filme animado “Fantasia” (1940), o qual recebeu dois Oscars honorários, na época, pela sua contribuição para a história do cinema. Não apenas as canções, mas uma produção sonora bem realizada, observando todos os fatores de efeitos sonoros – sons Foley, desenhados, de criaturas e ambiente – tornam-se algo tão belo de ser trabalhado, quanto o próprio visual.

“義足のMoses” entra na relação das animações mais encantadoras e fofas que assisti nos últimos tempos. Não tem como não sorrir assistindo a pequena fantasminha se divertido com os sapatos e ficar com aquele dó no final. Só digo: Obrigado por essa linda história. =)

*Em tempo, se desejar assistir a cena original de ♫ Moses Supposes, basta clicar nesse link.

Wagner Regis

Wagner Regis

Designer Gráfico por formação e Pós-Graduado em Jogos Digitais (UP). É co-fundador do estúdio de animação "Make Toons", professor na Universidade Positivo, e feliz por gostar do que faz.

Conteúdo relacionado

Comentários