logo

O Young Studio está na moda

Por Amanda Prado

Que o web design é sinônimo de interdisciplinaridade nós já sabemos, e o Young Studio é a prova disso: seus integrantes são formados em design de produto, atuam com web design e estão na moda!

Sites institucionais são cada vez mais comuns e essenciais para as organizações, e com o crescente e positivo cenário de marcas nacionais do segmento de moda o web design tem servido como uma importante ferramenta para divulgar essas marcas e suas coleções via internet.

Atuando nesse sentido o Young Studio, situado em Cianorte– PR, opera como uma agência web especializada na criação de sites em vários segmentos do mercado, mas em especial com uma grande e bem sucedida experiência no segmento de moda, além de lojas virtuais, otimização de sites e hospedagem profissional. Sendo assim, o estúdio nos contará um pouco sobre o seu método de trabalho e como alia o web design a serviço das marcas de moda.

Valorizando projetos de design de gente grande efetuados com o entusiasmo da juventude, preparei algumas perguntas para o pessoal da Young Studio compartilhar um pouco sobre o seu ofício e o desenvolvimento de sites de moda. Confiram!

1 – Existem peculiaridades específicas na criação de um site do segmento de moda?

Conciliar o conceito da coleção com os elementos do layout e a visualização das peças.

Na moda é importante mostrar os detalhes das peças, mas também o look completo. Nas coleções que desenvolvemos utilizamos um zoom que, no primeiro clique, mostra a foto do modelo de corpo inteiro, e no segundo, aumenta a foto para maiores detalhes.

2 – Tendo em vista o quanto a imagem é importante para a moda, como é conciliar aspectos visuais valorizados pela Young Studio em seus trabalhos, como o respeito à essência das marcas, layout clean, além da usabilidade e ainda focar na experiência do usuário?

Com o advento dos tablets /celulares e o acesso a internet wireless, a velocidade de carregamento dos sites se tornou um requisito básico, fazendo com que o “clean” seja visto com bons olhos pois contribui para que isso seja possível.

Partindo desse princípio, os destaques de um site clean serão as fotos conceito da coleção acompanhado de um layout bem organizado que facilite a leitura dos elementos de acordo com sua importância.

Geralmente as marcas criam um conceito para a coleção, que é possível de ser notado pelos elementos visuais que compõe o fundo das fotos e as estampas das roupas. Isso já serve como um briefing para a criação do layout. Fazer a leitura desses elementos é essencial para conciliar o layout com a essência das marcas com que trabalhamos.

 

3 – Devido a sazonalidade dos produtos de moda e a necessidade de lançar com muita antecedência as coleções para a divulgação na internet, como o estúdio lida com a demanda de criação dos sites que tem picos de procura?

Aos poucos estamos tentando conscientizar nossos clientes à desenvolver suas coleções com antecedência, assim a gente teria um tempo maior para agendar a construção dos sites.

Enquanto isso não acontece, horas extras e freelancers são elementos presentes nessas épocas de pico.

4 – Sob quais influências e inspirações o Young Studio realiza os seus projetos e como os adapta ao “universo fashion”?

Navegar na web e sair favoritando sites com ideias interessantes é o nosso principal meio de inspiração.  Pode ser qualquer tipo de segmento de mercado, sempre vai ter algum elemento que da pra traduzir na linguagem da moda.

5 – Quais dicas para jovens designers o Young Studio daria?

Mantenha-se atualizado e participe de um círculo de pessoas criativas. Você faz sua parte procurando novas maneiras de melhorar sua arte e de quebra ainda navega em  ideias alheias. Informação útil que chega até você através de terceiros contribui e muito para aumentar os horizontes.

Então que tal nos inspirarmos na atitude da Young Studio e tentarmos expandir nossos horizontes quebrando barreiras entre as diversas vertentes do design para mobilizarmos conhecimento que darão vida a ideias mais criativas?

Amanda Prado

Amanda Prado

Vinte e um anos, mineira, viveu no interior do Rio de Janeiro desde sempre até que a partir de 2011 se aventurou a morar em terras paranaenses para estudar Moda na Universidade Estadual de Maringá (UEM), mais especificamente em Cianorte, onde concluiu o curso de Moda em 2015, e não satisfeita, aproveitou a deixa e se formou em 2013 como técnica em vestuário pelo SENAI. Apaixonada por pesquisas acadêmicas, moda e áreas afins, mas acima de tudo consciente da necessidade da fomentação do campo de saber da moda.

Conteúdo relacionado

Comentários