The Fantastic Flying Books

Por Ulisses Candal

E o Oscar vai para…

The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore, foi o grande vencedor da categoria Melhor Curta-Metragem de Animação, no Oscar desse ano.

O tom de homenagem estava claro nessa premiação, onde os principais filmes premiados foram O Artista e o Hugo, filmes que homenageiam o início do cinema. Nada mais justo que a animação ganhadora também carregasse esse ar nostálgico, homenageando não só  o cinema mas também a literatura.

Segundo os diretores, “o curta foi inspirado pelo Furacão Katrina, Buster Keaton, Mágico de Oz e o amor por livros. O curta é sobre a história de pessoas que devotam suas vidas para os livros, acabando os mesmo por retribuir o favor”. Podemos perceber diversas homenagens, desde o character design do protagonista (com seus trejeitos e roupas que muito lembram Buster Keaton,) passagens de clássicos como Romeo e Julieta, a estrada de tijolos amarelos de Oz, o Humpty Dumptym (personagem inglês em forma de ovo antropomórfico que aparece também em Alice Através do Espelho e no filme recente do Gato de Botas) e por aí vai…

O curta foi o segundo trabalho desenvolvido pela Moonbot Studios (LA). Ele utiliza diversas técnicas de animação, como CG (Computer Graphics), miniaturas (vários cenários foram construídos) e técnicas 2D, que são percebidas nas ilustrações dos livros como o Humpty Dumpty.

Você pode conferir o making of e outras curiosidades da produção no site oficial do curta, e comprar o filme em HD ($4,99) ou o App para iPad na iTunes Store.

Confira os outros indicados na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação nesse trailer.

Ulisses Candal

Ulisses Candal

Ulisses é estudante de Design Gráfico na UTFPR, trabalha com audiovisual e é fã de animação.

Conteúdo relacionado

Comentários