Common Threads Initiative

Por Diego Silvério

No ano passado a Patagonia, rede americana de loja de roupas, lançou uma campanha um tanto quanto inusitada. Sob o nome “Common Threads Initiative”, esta campanha publicitária  pode ser considerada até uma ação de eco-ativismo.

Buscando aliar a marca com ideais sustentáveis, a campanha fala sobre preservação do meio ambiente e sugere que seus clientes pensem antes de comprar. A empresa se dispõe a consertar roupas velhas e sugere até a seus clientes que comprem roupas em um site de roupas usadas. O vídeo acima exemplifica muito bem e com muita qualidade a mensagem que a empresa quer transmitir.

“You don’t buy what you don’t need”

Apesar de parecer um belo tiro no pé, esta não é a primeira empresa que busca agregar um significado forte à sua marca. Além das ações de marketing já reconhecidas que agregam valores como felicidade e bem estar a suas marcas, outras empresas começam a se aventurar em temas relacionados ao eco-ativismo. Por exemplo, a Molson Coors e a Levi’s fizeram campanhas ressaltando a importância de cuidarmos da água e a ZipCar sobre o compartilhamento de carros. Um artigo do site Sustainable Brands, de Marc Stoiber, ressalta que as 50 marcas que mais cresceram em 2011 possuem uma “motivação” agregada, levando até a consideráveis retornos financeiros. O autor questiona no artigo se esses ideais serão a próxima diferenciação das marcas. Este tipo de estratégia leva a uma aproximação maior com o consumidor final e um “relacionamento” a longo prazo, porém exige uma manutenção intensa e contínua da marca e do seu ideal e, como Marc conclui, liderança.

Talvez estas ações sejam o começo de uma nova abordagem das empresas e uma preocupação maior e mais séria em relação ao meio ambiente. Se isto será efetivo ou não, dependerá da capacidade delas de impactar os consumidores com estes novos ideais. Diferente da abordagem atual de sustentabilidade, as empresas estão começando a olhar mais para os hábitos de consumo e indo além da redução de impacto dos processos e dos materiais. A mudança de hábitos de consumo é um dos meios mais eficientes de tornar a sustentabilidade real e o designer possui um papel ativo neste novo cenário.

Fontes:
Patagonia – Common Threads Initiative
Catraca Livre / Folha – Você nunca viu uma loja assim
Sustainable Brands – Why companies ideals are winning
Sustainable Brands – Moment when opportunity explodes

Diego Silvério

Diego Silvério

Formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), vencedor de prêmios nacionais e internacionais e já desenvolveu projetos para a Intelbrás, Linde, Tigre, Nokia e HSBC. Hoje é designer da Whirlpool e se aventura dentro das áreas de negócios, estratégia e economia.

Conteúdo relacionado

Comentários