Swimming Pool

Por Wagner Regis

O curta animado “Swimming Pool”, conta a história de amor sobre dois estranhos que se conhecem, durante um mergulho noturno, na piscina, de uma grande cidade. Contudo, em suas opções de fugirem e se afastarem, resolvem assumir o risco e se aventurarem no momento mágico, levando a uma descoberta divertida e fantástica.

A produção é muito gratificante pela maneira que foi trabalhada, no quesito visual. A opção por uso de traços mais simples, mas ainda assim sofisticados, torna o resultado bastante cativante. Do mesmo modo que a cena se preenche de preto – quando o interruptor é acionado, fazendo a transição entre luz e escuridão – é bonito de se ver pelo estilo e personalidade do curta. É interessante saber, que mesmo assim, levou cerca de quatro meses para ser feito, e mais um para sua finalização.

Escrito, animado e dirigido por Alexandra Hetmerová, como parte de seu trabalho de mestrado na “Film and TV School of Academy of Performing Arts”, em Praga, “Swimming Pool” recebeu diversos prêmios, dentre eles “Best Animation”, durante o “International Student Film Festival” (2010), em Pisek, na República Tcheca, seu país de origem. Também, dentre outros, “Honorable Mention”, no “Ottawa International Animation Festival”, no Canadá. E esteve na programação do “Anima Mundi” de 2012.

Apesar da fama dos curitibanos de serem antissociais, seja onde estivermos: amigos ou amantes, antes de tudo, já foram estranhos um dia para nós. Não é verdade?

Wagner Regis

Wagner Regis

Designer Gráfico por formação e Pós-Graduado em Jogos Digitais (UP). É co-fundador do estúdio de animação "Make Toons", professor na Universidade Positivo, e feliz por gostar do que faz.

Conteúdo relacionado

Comentários