Buy Buy Baby

Por Wagner Regis

A produção de um desenho animado, as vezes pode ser inspirado em um fato real, e a partir disso criar algo engraçado e único.

buy_buy_baby_01

“Buy Buy Baby” é o curta de graduação de Gervais Merrywather, ao concluir seu curso de animação na National Film & Television School. Primeiramente a arte, ao acompanhar seu trabalho, percebemos essa característica fortemente influenciada por produções animadas dos anos 50-60. E isso se reflete na produção animada, não apenas na colorização, mas também nessa coisa graciosa da época em que os desenhos eram a mão livre, tudo ligeiramente torto, mas ainda assim encantador, de uma maneira peculiar.

Simples, mas divertida, a narrativa tem uma premissa em que a esposa de Frederick Frinklesworth, diretor na New York Stock Exchange, não pode ficar com sua filhinha e pede para ele cuidar da pequenina. Obviamente, com a série de telefonemas ininterruptos ele acaba perdendo a criança, que segue por uma inocente jornada pelo prédio.

buy_buy_baby_02

O bacana é ver como a linguagem visual traz essa liberdade única que os desenhos animados são capazes de fazer. Os personagens perdendo suas formas, sendo apenas linhas animadas, trilhas de pegadas, tudo muito bem trabalho e absurdamente lindo.

buy_buy_baby_03

Ao mesmo tempo em que a presença de Betty, a bebê, traz um brilho e vida para o trabalho daquelas pessoas enfurnadas no escritório, também acaba desencadeando uma infinidade de eventos, tendo a conclusão com o crash de Wall Street.

buy_buy_baby_04

Enfim, foi uma grata surpresa, quando assisti em 2012 – no Anima Mundi – a produção. Esse direcionamento da arte para algo retrô, uma sua trilha sonora agradável e cativante, e por que não dizer justamente que tudo isso é uma apunhalada nostálgica? “Buy Buy Baby” ainda esteve na seleção oficial do Annecy, no ano que foi lançado.

Wagner Regis

Wagner Regis

Designer Gráfico por formação e Pós-Graduado em Jogos Digitais (UP). É co-fundador do estúdio de animação "Make Toons", professor na Universidade Positivo, e feliz por gostar do que faz.

Conteúdo relacionado

Comentários