Over-Game

Por Wagner Regis

Sempre pensamos, como seria, se houvesse a possibilidade de participarmos de nossos games da infância. Contudo, quais seriam as consequências se ocorresse o contrário: e se um personagem do game saísse do mundo virtual?

over_game_geek2
“Over-Game” é um curta animado produzido pelo talentoso Julien Becquer, durante 6 meses, enquanto cursou a Supinfocom, uma escola de animação francesa. A trama acontece quando ao perder uma partida do famigerado Pac-Man, o jogador revoltado espanca o teclado, e ao receber um choque elétrico o personagem comilão acaba indo parar no corpo do individuo. Sem saber o que está acontecendo, ele começa a devorar as hemácias do sangue seguindo rumo ao cérebro.
A produção de “Over-Game” é muito legal de ser comentada, pois achamos que apenas animações longa-metragens acabam sendo trabalhosas, e muito pelo contrário, mesmo tendo um número mínimo de personagens e uma narrativa muito bacana – as vezes, isso vale muito mais a pena do que algo mais demorado e cansativo – houve um estudo prévio de cada um deles. No caso, o desenvolvimento de model sheets apresentando-os, suas expressões, cores, etc.

over_game_pac

Estudos do personagem Pac-Man

over_game_geek

Estudos do personagem Geek

Além disso, Julien disponibilizou o animatic do curta. O animatic, é uma etapa importande de um projeto animado, é como se fosse o boneco para um projeto editoral, digamos assim. Nele, inserimos quadros do storyboard, algumas animações prévia (não precisam estar totalmente intervaladas), e o áudio para verificar se as cenas se encaixam naquele espaço de tempo sugerido. Pode soar estranho assistir uma animação inteira truncada, mas faz-se necessário isso para que seu projeto, além de ser continuado, você não tenha surpresas pela frente.

over_game_animatic

Cena durante a etapa do Animatic

over_game_screen

A mesma cena, mas finalizada.

Enfim, “Over-Game” faz uma combinação muito legal, seja no quesito estético da animação (misturando 2D, 3D e pixel art), ou na homenagem aos games dos Atari. Dessa maneira, sendo suporte para esse roteiro insólito e doentio, mas bastante divertido.

Wagner Regis

Wagner Regis

Designer Gráfico por formação e Pós-Graduado em Jogos Digitais (UP). É co-fundador do estúdio de animação "Make Toons", professor na Universidade Positivo, e feliz por gostar do que faz.

Conteúdo relacionado

Comentários