Wonder Garden

Por Wagner Regis

Ao se deparar em frente à vitrine de uma loja, uma inocente garota é levada, para um universo fantástico pelo urso de pelúcia que estava de enfeite no mostruário. Já nesse momento, você pode achar algo que lembre muito as produções do Studio Ghibli, e não, você não está enganado, tudo isso é graças à direção de Yojiro Arai (o qual foi animador nos filmes Up On Poppy Hill e The Secret World of Arriety). Por mais que Hayao Miyazaki esteja se aposentando, sua influência artística ainda será sentida nas próximas décadas.

“Wonder Garden” tem todo seu toque de fantasia, uma linda trilha sonora (composta por TakaAki Nakahashi) responsável pela condução dos acontecimentos e esse jeito de contar histórias sem diálogos, algo que gosto bastante.

Como proposta a realização do curta, o Studio Colorido ficou responsável por divulgar, a abertura da loja japonesa de roupas e artigos de pelúcia “Control Bear Store Tokyo”. Consequência disso foi diversas pessoas trajando camisetas com a estampa dos ursinhos segurando a cabeça fora do corpo, criação de Nagatake Uehara. A produção animada para fins comerciais pode ser um atrativo excelente, para um público específico, sendo usado até mesmo por grandes empresas, como foi o caso recente usado pela Microsoft, para fortalecer o uso do navegador Internet Explorer no mercado asiático.

control_bear_store1
control_bear_store2

Curiosamente o trabalho de Takashi Murakami, um artista contemporâneo japonês, postulou essa ideia como uma forma de entregar a arte através do consumismo, que esta traz o conceito de um círculo completo como um veículo comercial capaz de produzir arte.

“Wonder Garden” tem seu toque de humor negro, característica de Yojiro Arai, mas ainda assim é uma animação singela demonstrando que uma boa narrativa pode gerar uma produção bastante cativante.

Wagner Regis

Wagner Regis

Designer Gráfico por formação e Pós-Graduado em Jogos Digitais (UP). É co-fundador do estúdio de animação "Make Toons", professor na Universidade Positivo, e feliz por gostar do que faz.

Conteúdo relacionado

Comentários